0
Swipe to the left

Posts tagged 'calçados profissionais'

Lista RSS

Escolha seu Calçado de acordo com a NR-32

Calçado NR-32 Guia

Existe muita discussão sobre a identificação do Calçado adequado à NR-32 e alguns questionamentos são recorrentes neste sentido:

  • Como identificar se o calçado está de acordo com a NR-32?
  • Calçado é considerado um EPI pela NR-32?
  • O Hospital, Clínica ou Laboratório deve fornecer Calçados para seus funcionários?

Para avançar sobre a discussão destes questionamentos e identificar como elaborar uma coleção especial para Calçados Profissionais que estejam de acordo com a NR-32, nós da Mameluko (www.mameluko.com.br) vamos discutir alguns pontos que observamos.

É importante deixar claro que, nesta publicação, não vamos nos aprofundar explicando o que é a NR-32, passando por cada item e parágrafo, pois já existe material vasto sobre isso e até mesmo a própria NR-32 é disponibilizada na íntegra e facilmente encontrada pela internet. Caso necessário, confira no final desta publicação alguns links que mostram a NR-32 na íntegra.

Mas vamos lá! Como vamos identificar o Calçado ideal de acordo com a NR-32?

Nova tecnologia nos Calçados de Segurança

Já podemos reparar que os Calçados de Segurança estão passando por um processo significativo de mudança, que podemos até chamar de Evolução.

Se você trabalha em ambiente Industrial, seja em uma Fábrica, Restaurante de Fábrica, como Prestador de Serviços ou até mesmo como Técnico em Segurança do Trabalho certamente já reparou que o modelo Tradicional de Botina de Segurança (conforme foto abaixo) já não é mais a única opção do Segmento.

(foto: modelo Tradicional de Botina de Segurança)

Com a evolução da Tecnologia dos materiais usados na fabricação de Calçados de Segurança, os modelos estão cada vez mais versáteis e, o melhor, mais Completos.

Um dos Materiais que mais ganhou destaque na produção de Calçados de Segurança atualmente é o EVA ( Etil Vinil Acetato).

Veja algumas característica que tornaram o EVA um ótimo componente para fabricar Calçados de Segurança:

Bota de Engenheiro: 5 características que não podem faltar

A profissão de engenheiro envolve inúmeras áreas e há algo em comum entre quase todas elas: o dinamismo necessário ao profissional para frequentar ambientes diversos. A maior responsabilidade desses profissionais é fazer a comunicação entre a teoria e a prática, ou seja, aplicar a teoria estudada nos ambientes controlados em projetos do mundo real. E essa responsabilidade reflete bem os ambientes que muitos engenheiros frequentam em seu dia a dia: desde obras, plantas industriais, até universidades e salas de reuniões de diretoria. Cada um desses ambientes demandam diferentes características de segurança, imagem e visual, seja em um tênis ou uma bota de segurança.

Por que utilizar um uniforme profissional colorido? Conheça os calçados estampados WorkFun.

O número crescente de formalização de profissões traz ao mercado uma grande procura por uniformes, cada vez mais específicos.

O uniforme de trabalho é cada vez mais valorizado, tanto pelo Profissional, que encontra no uniforme uma maneira marcante de se apresentar e se expressar, como para quem é atendido, que observa, entre outras coisas, se o profissional é sério, dedicado e organizado.

Através de um uniforme único e marcante, o profissional melhora sua apresentação e consegue transparecer o valor de sua atividade.

Um novo conceito para os Calçados Profissionais

Você tem percebido algo diferente nos calçados profissionais? Os profissionais de hoje em dia não querem mais trabalhar com um tanque de guerra nos pés, um calçado pesado, duro e desconfortável. Estamos vivendo uma grande mudança nos conceitos desses Calçados destinados ao trabalho. Esta mudança, ou tendência, está muito ligada ao aspecto Estético do Calçado e aos atributos tecnológicos de material e desenvolvimento. A formalização de diversas funções profissionais também vem trazendo exigências diferentes ao mercado.

Tradicionalmente, os Calçados Profissionais, ou calçados para Trabalho, sempre tiveram aspecto mais robusto, muitas vezes rústico. Vejamos alguns exemplos de uma linha de calçados de segurança que representam este desenho mais tradicional:

​Calçados para profissionais dos serviços de saúde e a NR 32

A Norma Regulamentadora 32 (NR 32) foi editada pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) em 2005 e atualizada em 2008, e define medidas de proteção à segurança e à saúde dos trabalhadores dos serviços de saúde em geral, como:

  • dentistas e ortodontistas;
  • enfermeiros e auxiliares de enfermagem;
  • médicos e cirurgiões;
  • anestesistas e instrumentadores;
  • esteticistas;
  • fisioterapeutas;
  • nutricionistas.

Um dos itens da NR 32 veda o uso de calçados abertos nestas profissões. Porém hoje em dia, utilizar um calçado fechado não é a única preocupação dos profissionais da saúde. Eles buscam o calçado ideal, o CALÇADO OCUPACIONAL que atende a necessidades como:

  • Conforto (para o uso durante muitas horas);
  • Beleza, (deve ser um calçado mais social do que um tênis);
  • Durabilidade (não aparenta o uso, não desgasta);
  • Leveza (andar leve e praticidade para carregar em qualquer bolsa);
  • Impermeabilidade e anti-derrapante (evita quedas);
  • Higienização fácil;
  • Secagem rápida (não exige que a pessoa tenha muitos pares);
  • Ótimo custo-benefício.

Muitas marcas desenvolveram *calçados para usar em hospitais, consultórios e cozinhas que representam melhor qualidade de vida para os profissionais da saúde que merece mais atenção pelo cuidado que tem em cuidar das pessoas.

Veja aqui alguns desses calçados.

*Consulte o PRPA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais), a CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) ou SESMT (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho) de sua instituição sobre as regras definidas internamente conforme o setor de trabalho.